Universo Tributário

Governo federal economizou R$ 3,6 bilhões com pregão eletrônico PDF Imprimir E-mail
Notícias sobre Administração Pública
02-Jan-2009

O governo federal ao promover compras públicas por pregão eletrônico, em vez de realizar processos tradicionais de licitação, como o pregão presencial, a concorrência, a tomada de preços ou a carta-convite, economizou mais em 2008 do que em 2007.

Segundo a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), órgão ligado ao Ministério do Planejamento (MP), a economia registrada em 2008 supera a de 2007, onde o governo havia poupado cerca de R$ 3,2 bilhões.

A economia obtida com o pregão eletrônico é a diferença entre o preço de referência dos bens e serviços licitados (o valor máximo aceito pelo governo) e o preço final efetivamente aceito após a disputa entre os fornecedores. As aquisições são realizadas por meio do site Comprasnet e podem ser acompanhadas em tempo real por qualquer pessoa.

Neste ano, o governo federal realizou cerca de 40 mil pregões eletrônicos, aproximadamente mil operações a mais que em 2007. Além da redução de gastos, outro benefício da compra virtual é a inserção de pequenas e médias empresas em concorrências públicas - embora, em volume financeiro, os contratos tendam a ficar concentrados nas mãos de grandes fornecedores.

A participação de pequenas empresas em pregões eletònicos tem crescido em função da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas ter favorecido a participação dessas sociedades em aquisições de até R$ 80 mil.

O pregão eletrônico é modalidade de licitação obrigatória em determinadas aquisições do governo federal. O sistema é usado para contratação de bens e serviços comuns, produtos como mobiliário, combustíveis, material de escritório em geral e de informática, equipamentos médicos e serviços de limpeza.

 
< Anterior   Próximo >
Advertisement

Nossos Parceiros

Anuncie Aqui!

Assine nosso RSS

Charges

Produtos e Serviços

Você está aqui:Home arrow Notícias arrow Administração Pública arrow Governo federal economizou R$ 3,6 bilhões com pregão eletrônico

In Company

Cursos e Treinamentos customizados para vossa empresa.